Para descansar sem culpa: guia do descanso possível para trabalhadores quarentenados

Alinhe as expectativas; sem lugares para viajar e as aglomerações com amigos, o recesso talvez não tenha aquela cara de pausa com a qual estamos acostumados. Para isso, é importante abrir mão das expectativas e se apegar ao que pode ser feito dentro das circunstâncias reais: ler mais, consumir o entretenimento que você gosta, focar no autocuidado etc.

Enxergue a sua casa com outros olhos: com a disputa entre ambiente profissional e doméstico no mesmo espaço é necessário fazer o exercício de enxergar a sua casa com outros olhos. Isso inclui olhar este lugar como um recanto do descanso, como um lar - e não como uma extensão do escritório. Vale realinhar móveis e explorar espaços e lugares que costumam ficar esquecidos na rotina de trabalho.

Acredite, você não está cansado de descansar: em algum momento você vai achar um saco não ter “nada” para fazer. Mas, acredite, ainda não é a hora de atropelar o seu descanso com trabalho. Aproveite para reorganizar ou fazer outras atividades de ordem pessoal, pode ser uma ótima alternativa para passar o tempo!

É hora de reorganizar o tempo: falando em reorganização, recessos são ótimos aliados na hora de pensar como anda seu tempo, sua rotina e o seu fluxo de atividades. Que tal fazer esse exercício e refletir sobre?